AIDS Felina:

Você já ouviu falar na Imunodeficiência Viral Felina (FIV)? Conhecida como AIDS felina, a FIV é uma das doenças mais temidas pelos tutores, uma vez que atinge diretamente o sistema imunológico. Ela é um retrovírus pertencente ao gênero lentivírus, que acomete os gatos em qualquer fase da vida, não sendo transmitido para o ser humano.

A FIV pode ser contraída somente entre gatos, a partir do contato direto entre um sadio e outro infectado, através da lambedura ou mordedura. Pode ocorrer também via transfusão sanguínea e, de forma mais rara, pelo coito.

Os sintomas, que no início podem não existir e variam de acordo com o paciente, em sua fase mais aguda são representados geralmente por febre, diarreia, gripes, infecções urinárias, complicações no sistema respiratório e feridas na boca e na pele. 

O tratamento da FIV deve ser realizado somente por um médico veterinário. Como não existe vacina contra a doença, a prevenção torna-se a maior aliada. Por isso, é de fundamental importância levar os felinos, principalmente os recém-adquiridos, ao veterinário. 

A castração precoce também é uma aliada, pois pode diminuir o risco de contaminação, visto que dificulta o comportamento de risco do pet, que passa a ir menos para a rua, reduzindo, assim, a chance de ele se envolver em brigas com outros gatos.

Horário de Funcionamento

Hospital Veterinário: 24h
Centro de Estética
Segunda a Sábado das 8 às 17h
Domingo das 8 às 13h
Pet Shop
Segunda a Sexta das 8 às 19h
Sábado das 8 às 18h
Domingo das 8 às 13h