• Eu Amo Animais

    O site “EU AMO ANIMAIS” foi criado com o objetivo de proporcionar a todos que são apaixonados pelos animais, uma forma agradável de interação com outros apaixonados.

    Você é muito bem vindo em nosso site.

  • 1

Os cuidados necessários com os cães durante as festas de São João

Tradicionalmente se comemora a festa de São João com bastante comida, música e, principalmente, fogos de artifício. O barulho causado pelos disparos pode ser divertido e engraçado para crianças e adultos, mas para os cachorros é algo extremamente agressivo e até mesmo traumático.

Alguns animais captam sons que os humanos não conseguem ouvir. E alguns dos barulhos, até mesmo os audíveis para as pessoas, são centenas de vezes mais altos para os cachorros. Por isso, o disparo dos fogos de São João são tão perturbadores para os bichinhos que vários problemas podem aparecer neles, a exemplo da surdez, crise de pânico, fuga, agitação e muitas vezes outros traumas até irreversíveis.


Cuidados com seu cão no dia dos fogos

Fique atento à alimentação do seu animal. Estômago cheio e pânico são coisas que, se misturadas, podem ser fatais.

Nunca deixe seu cachorro acorrentado. Na hora do desespero há uma grande probabilidade dele se descontrolar, podendo ocasionar um enforcamento com a coleira.

Mas também não o deixe solto, porque há grandes riscos de, no ápice do desespero, ele fugir. Procure colocar seu bichinho em um cômodo onde ele não possa se machucar. De preferência, em uma caixa de transporte. Isole o ambiente dos barulhos o máximo que você puder.

Não coloque seu cachorro junto de outros. No meio da crise de pânico pode haver uma briga entre eles.

Coloque algodões nos ouvidos deles. Mas com bastante cuidado para que o material não penetre, causando problemas auditivos ainda maiores. Procure colocar algodões parafinados, que são encontrados em farmácias de manipulação.

Uma atenção especial para as cadelas que estiverem em gestação. O trauma e susto causado pelos fogos podem ocasionar um aborto espontâneo no animal.


Fonte: Clube para Cachorros

Por que vale a pena ter gatos em casa? Você sabe?

Na década de 1960, a psiquiatra brasileira Nise as Silveira usava gatos para tratar pacientes que sofriam de esquizofrenia. Há, ainda, pesquisas que comprovam que os ronrons (ruído contínuo produzido pelos felinos) dos gatos ajudam no bem-estar do dono. Confira o porquê:

·  O ronron dos gatos ajuda a reduzir o risco de infarto em 30%.

· Ameniza a dor: a frequência do ronrom, entre 25 e 50 hertz, é a mesma utilizada na medicina esportiva para acelerar cicatrizações e recuperar lesões de atletas. 

· Aumenta a sensação de bem-estar.

· Ajuda a dormir, pois altera o estado de alerta das ondas cerebrais.

Dois é melhor que um!

Se você trabalha o dia todo e quer um bicho para lhe fazer companhia, pense em adotar dois gatos em vez de um. Em dupla, eles brincam mais, não detonam os móveis e sentem menos a ausência do dono.

Fonte: Bolsa Moderna

Está chegando o São João e com ele os fogos de artifício; o que fazer?

O medo de fogos de artifício é uma fobia muito comum nos cães. O São João e Réveillon são algumas épocas temidas por donos e cães. É normal que eles se assustem com o barulho alto e repentino além do clarão que se forma no céu. Mesmo o cão mais confiante e equilibrado pode se assustar e ficar com medo de sons que não são familiares para ele. A boa notícia é que tem algumas coisas que você pode fazer para ajudar o seu cão a passar com mais tranquilidade por esses períodos de festas – e fogos.
 
Pratique com seu cão antes 

Se você tiver algum tempinho antes das festas, dessensibilize o seu cachorro, ou seja, faça-o se acostumar com o som dos fogos de artifício. Siga esses passos:
 
1. Encontre um vídeo de fogos de artifício;

2. Coloque esse vídeo para seu cachorro ouvir o mais baixo possível algumas vezes por dia;
 
3. Associe o som dos fogos com algo que seu cão goste, por exemplo: petisco preferido, brinquedo, cafuné, escovação etc;
 
4. Comece a aumentar o volume do vídeo ao longo dos dias e continue a associar o som dos fogos com algo que seu cachorro goste, para que ele associe: barulho de fogos = coisa boa;
 
5. Se em algum momento o seu cachorro demonstrar algum sinal de medo, abaixe o volume até o ponto em que ele se sinta confortável;
 
6. Repita o quanto for necessário todos os dias até seu cachorro conseguir ouvir o som dos fogos bem alto sem ficar com medo.


Se você não teve tempo de praticar 

Se você não teve tempo para preparar seu cão para as festas, ou se a dessensibilização não eliminou o medo dele completamente, existem algumas coisas que você pode fazer para amenizar o medo do seu cão dos fogos. Essas dicas devem ser úteis para cães que tenham um nível médio/moderado de medo.
 
1. Durante esse periodo, NÃO MUDE SEU COMPORTAMENTO. A maioria das pessoas tendem a mimar/acolher seus cães quando eles demonstram que estão com medo de fogos. As pessoas fazem mais carinho que o normal, abraçam, falam com os cães com voz doce. Em vez de ajudar a acabar com o medo, esse comportamento do dono reforça o medo no cão. Ele associa: medo = carinho.
 
2. Tente você mesmo não reagir aos fogos de artifício. Se você demonstra prontidão logo antes dos fogos, por conta do medo do seu cão, isso só irá piorar o que ele sente. Você acabará deixando-o ansioso. Sua linguagem corporal dizem para seu cão se ele precisa ficar com medo ou não.
 
3. Faça o possível para camuflar o som dos fogos. Ligue o rádio ou a TV, feche as janelas, ligue o ventilador e/ou o ar-condicionado.
 
4. Não force seu cão a nada. Se ele quiser se esconder embaixo da cama, deixe. Não o obrigue a fazer nada que ele não queira, pois isso pode acarretar em um aumento do medo e o cão pode se tornar um cão agressivo se sair de sua zona de conforto.

Para casos severos

Se seu cão fica aterrorizado com fogos de artifício, pode ser que nenhuma dica acima funcione para amenizar o medo dele. Se você acha que seu cão é um caso desses, converse com o veterinário, pois pode ser o caso de administrar uma medicação contra ansiedade ou algum sedativo que ajude seu cão a ficar mais calmo durante os fogos.
 
Ainda dá tempo de dessensibilizar seu cão e fazê-lo se acostumar com o barulho dos fogos da melhor forma possível.

Fonte: Tudo Sobre Cachorro

Pesquise no site

Quem Somos?

O site “EU AMO ANIMAIS” foi criado com o objetivo de proporcionar a todos que são apaixonados pelos animais, uma forma agradável de interação com outros apaixonados, uma forma segura de tirar dúvidas sobre alimentação, cuidados de saúde e higiene, além de informação sobre tudo o que acontece no “Mundo Pet”!

A saúde do meu pet

Quando adquirimos ou ganhamos um animal de estimação, devemos estar cientes  que, se for um cão ou um gato, por exemplo, podem te fazer companhia por até mais de 15 anos! Desta forma, eles precisarão de  cuidados básicos para terem uma vida com saúde e alegria!

Curta nosso Face