Você sabia? Fumaça de cigarro afeta e prejudica a saúde dos pets

Que o cigarro afeta a saúde dos humanos todos nós já sabemos, mas que conviver com humanos fumantes também pode atingir bastante a saúde de nossos pets, isso nem todo mundo sabia.

Pets, tanto cães como gatos, que convivam por muito tempo com fumantes ou que vivam em lares onde moram pessoas que estão mais propensos a ter certos problemas de saúde, principalmente os respiratórios e de pele.

De acordo com um estudo da Universidade de Glasgow, o convívio com fumantes e a frequente exposição à fumaça do cigarro podem desencadear ainda alguns tipos de câncer, danos celulares e até ganho de peso.

Outros fatores relacionados ao cigarro também merecem atenção. Não é só o fato de inalar sua fumaça que podem prejudicar nossos pets. As bitucas de cigarro, que são pequenas e podem ser facilmente engolidas pelos animais, possuem 25% da nicotina presente no cigarro e se engolidas podem causar envenenamento no pet. Por esse motivo, é essencial que tenhamos bastante atenção ao passearmos pelas ruas com nossos bichinhos.

Outro cuidado que devemos ter é quanto ao pelo do animal, se o animal não vive com fumantes, mas convive com pessoas que fumam por determinados dias, um bom banho ajuda a eliminar as toxinas do cigarro que ficam impregnadas no pelo do cachorro e que podem ser ingeridas se o animal se lamber.

Para os tutores fumantes, fica aqui mais um incentivo para que consigam, enfim, largar este vício que faz tanto mal para a saúde deles próprios quanto de seus pets amados.

Fonte: Portal do Dog

Horário de Funcionamento

Hospital Veterinário: 24h
Centro de Estética
Segunda a Sábado das 8 às 17h
Domingo das 8 às 13h
Pet Shop
Segunda a Sexta das 8 às 19h
Sábado das 8 às 18h
Domingo das 8 às 13h