O que o seu cachorro está comendo?

Os amigos de quatro patas sempre querem tudo o que estamos comendo. E muitas vezes é difícil resistir ao olhar pidão deles. Porém, é sempre importante saber quais são os alimentos proibidos para cachorros, porque mais do que agradá-los, o importante é preservar a saúde deles.

Afinal, quais são os alimentos proibidos para cachorros?

Mesmo existindo a ração, a melhor e mais indicada nutrição para os bichanos, ainda há aqueles que pensam em dar algo fora desse “cardápio”, com a ideia de que um pouquinho não fará mal. Mas faz! O miolo do pão, por exemplo, que parece tão inofensivo, pode se expandir no estômago do cão depois de fermentada e causar muita dor abdominal, chegando até a romper o intestino.

Outros dois inimigos e que são alimentos proibidos para cachorros, embora o cheirinho deles refogados seja encantador, são o alho e a cebola. O primeiro destrói as células vermelhas dos pets, enquanto a segunda contem tiossulfato, um componente químico que não faz mal aos humanos nas dosagens usadas, mas que na sua forma natural é usado para a diminuição do teor de cloro e qualquer quantidade para os peludos pode ser fatal. E mais: ambos podem causar anemia neles.

Mais algumas comidas que devem passar longe dos cães são: abacate (tem a substância persina, que desarranja o intestino), café (que afeta os sistemas nervoso e urinário), além de todos os produtos dietéticos, que por possuírem xilitol, causam problemas hepáticos.

Ossinhos: eles podem ou estão no grupo dos alimentos proibidos para cachorros?

É difícil achar um pet que não passe horas e horas roendo ou brincando com os ossinhos de couro, seja ele de qual tamanho for. Ele não chega a ser um dos alimentos proibidos para cachorros, mas deve ser consumido com cautela e, principalmente, com a supervisão de alguém. Isto porque ao mastigá-lo, ele vai amolecendo, podendo ser engolidos com facilidade, sem que o bichano tenha controle e bloqueando a sua garganta. Claro que isso não ocorre sempre, por isso às vezes ele merece esse mimo.

Se você tiver dúvidas quanto ao tamanho e tipo do ossinho correto para o seu cão, consulte o veterinário, que saberá indicar o mais adequado. Além disso, há outras opções para agradar ao amigão, como biscoitos, palitinhos, petiscos de carne ou frango e até alternativas naturais.

Fonte: Cachorro e Gato

Horário de Funcionamento

Hospital Veterinário: 24h
Centro de Estética
Segunda a Sábado das 8 às 17h
Domingo das 8 às 13h
Pet Shop
Segunda a Sexta das 8 às 19h
Sábado das 8 às 18h
Domingo das 8 às 13h