Dirofilariose canina:

Como estamos no mês de prevenção às doenças do coração, não poderíamos deixar de falar sobre a dirofilariose. Também conhecida como “verme do coração”, a doença parasitária cardiopulmonar afeta principalmente os cães e pode levá-los à morte. Vale destacar que a doença está reemergindo, já que por alguns anos ficou sob controle, mas atualmente voltou a ser diagnosticada.

O agente causador é o Dirofilaria immitis, um parasita semelhante à “lombriga”, mas que se aloja no coração do pet. A transmissão ocorre por meio da picada de mosquitos, sendo um deles muito conhecido nosso: o Aedes aegypti.

A dirofilariose demora para apresentar os primeiros sintomas. Somente cerca de sete a nove meses depois da picada do mosquito é possível constatar o parasita, o que torna a infecção ainda mais perigosa. A partir daí, surgem os primeiros sinais, que são tosse seca, fraqueza, respiração acelerada, rápida e curta, perda de peso e desmaios.

O tratamento, que geralmente é medicamentoso, vai depender da gravidade e da quantidade de larvas que estão instaladas no coração do animal. Mas, a palavra-chave do problema é PREVENÇÃO. Então, a melhor forma de evitá-lo é tomando algumas medidas essenciais, como: evitar a picada do mosquito, especialmente em áreas de maior risco, como as litorâneas e quentes, onde há mais desses insetos e fazer o uso de coleiras repelentes.

 

Horário de Funcionamento

Hospital Veterinário: 24h
Centro de Estética
Segunda a Sábado das 8 às 17h
Domingo das 8 às 13h
Pet Shop
Segunda a Sexta das 8 às 19h
Sábado das 8 às 18h
Domingo das 8 às 13h